Baixe nossos aplicativos

COLEÇÃO VIVA

“Jardim botânico” é uma coleção organizada de plantas, no qual grupos botânicos específicos são cultivados de forma organizada em uma determinada área, de forma esteticamente aceitável e devidamente identificados. No Jardim Botânico Plantarum (JBP) esses requisitos são rigorosamente seguidos, contendo até o presente momento mais de 4.000 espécies vegetais dos mais diferentes grupos botânicos (principalmente da flora brasileira), organizados na forma de diversos jardins temáticos sobre uma área de cerca de 80 mil m² e cuidadosamente identificadas através de placas metálicas de tamanhos variados que permitem a visualização e leitura à distância.

Alguns grupos botânicos são bem representados no JBP através do cultivo de quase todas as espécies conhecidas da ciência e ocorrentes em território brasileiro. Nesse particular destacam-se as plantas das famílias Arecaceae (Palmae), Araceae, Acanthaceae, Cactaceae, Gesneriaceae, Amaryllidaceae, Begoniaceae e Zingiberales (Heliconiaceae, Marantaceae, Costaceae e Zingiberaceae). Como grupos não formais, o JBP cultiva a maior coleção de espécies arbóreas do país, uma significativa coleção de plantas aquáticas, plantas medicinais e aromáticas, trepadeiras ou lianas, gramíneas ornamentais, além de uma interessante coleção de plantas alimentícias não convencionais (PANC).

Tendo como principal objetivo a conservação da flora brasileira, o JBP tem particular preocupação com grupos e espécies de plantas ameaçadas de extinção, tendo no seu acervo cerca de 140 espécies citadas como ‘em perigo’ na lista oficial de plantas ameaçadas de extinção, havendo inclusive algumas já extintas na natureza. Muitas espécies hoje cultivadas no JBP foram coletadas a partir do ano de 1976 e cultivadas temporariamente em outras áreas, tendo sido trazidas para o jardim a partir de 1998 quando este foi iniciado. A grande maioria foi introduzida na forma de sementes e aqui germinadas e aclimatadas para posterior cultivo.

Visando despertar o interesse pelas plantas em geral no público adulto leigo e nas crianças, o JBP procura manter durante o ano inteiro jardins de plantas floríferas anuais e perenes das mais diferentes cores, formas e tamanhos, que geralmente atraem a atenção de todos os visitantes pela beleza, inicialmente para apreciação e fotografia. Um outro artifício de atração é o cultivo de plantas úteis em geral (medicinais, hortícolas, frutíferas e aromáticas), que geralmente são do conhecimento da maioria. Para despertar o interesse das crianças são cultivadas em pontos estratégicos do jardim plantas emblemáticas e atrativas, como a vitória-régia, plantas de folhas sensitivas ou muito grandes, carnívoras, de flores e ou frutos muito grandes, de tronco muito liso e colorido, de mau-cheiro ou muito perfumadas, com flores que atraem borboletas ou beija-flores, etc.

Como cultivamos plantas de todos os ecossistemas brasileiros, muitas espécies, principalmente herbáceas, da Mata Atlântica e da região Amazônica, não apresentam bom desenvolvimento nas condições climáticas de Nova Odessa; para contornar essa dificuldade, são cultivadas em condições controladas dentro de casas de vegetação, onde procuramos proporcionar, principalmente as condições de umidade relativa do ar e temperaturas, similares às das regiões de origem. Infelizmente estes locais não possuem acessibilidade para cadeirantes e por esta razão não são liberados à visitação; estamos planejando a construção de uma grande casa de vegetação para visitação, onde estas plantas estarão expostas; na época oportuna isto será informado ao público.

A lista das espécies em cultivo no Jardim Botânico Plantarum é atualizada frequentemente.